Com esclerose múltipla, Guta Stresser entrega vício prejudicial e desabafa sobre luta: “Super tóxico”

A atriz, Guta Stresser sofre com a esclerose múltipla, doença essa que tomou conhecimento há dois anos, com a finalidade de ter uma melhora na qualidade de vida, ela foi orientada a realizar algumas mudanças em suas rotinas, como parar de fumar.

No decorrer de uma entrevista cedida para a Patrícia Kogut, do O Globo, a famosa assumiu que ainda não conseguiu largar o tabagismo, porém luta contra o vício. “Minha maior dificuldade no momento é parar de fumar. O tabaco é super tóxico, muito ruim para o cérebro. Associamos muito ao câncer, mas ele pode trazer malefícios neurológicos a longo prazo”, começou ela.



Recomendamos