Caso Ana Sophia: polícia afirma que suspeito tentou eliminar provas e apagou celulares

Tiago Fontes Silva Rocha, o principal suspeito no caso do desaparecimento de Ana Sophia, uma menina de 8 anos em Bananeiras há mais de dois meses, é acusado de tentar destruir evidências contra ele e teria apagado os dados de seus celulares antes de ter um mandado de prisão temporária emitido contra ele, de acordo com informações da Polícia Civil em uma coletiva de imprensa realizada nesta sexta-feira (22). Desde o início do mês, o suspeito está desaparecido, logo após a polícia ter realizado uma busca em sua residência.

A defesa de Tiago Fontes anunciou que está avaliando as opções legais para enfrentar a prisão, incluindo a possibilidade de solicitar um habeas corpus ao Tribunal de Justiça, após apresentar um pedido de reconsideração ao juiz.



Recomendamos