Eduardo Campos mostra revolta em Psicografia

No dia 11 de agosto, marcando os 9 anos da trágica morte do ex-governador Eduardo Campos, seu irmão, Antônio Campos, fez uma solicitação que trouxe à tona um turbilhão de questionamentos e reviravoltas no caso. A petição requereu a reabertura do inquérito policial que investigou a morte de Eduardo Campos e de outros companheiros, cujo relatório inicial foi inconclusivo. O pedido aguarda agora o parecer do Ministério Público de Santos, antes de ser submetido à decisão judicial.

O pedido de reabertura não se baseia em cartas mediúnicas, mas sim em evidências tangíveis, incluindo um extenso parecer técnico de 246 páginas elaborado pelo perito Carlos Camacho. Além disso, destaca as deficiências do inquérito policial anterior e do CENIPA, amparando-se no Artigo 18 do Código de Processo Penal, que estabelece que o arquivamento não impede futuras investigações.



Recomendamos