Caso Miguel: Justiça condena patrões de Mirtes a pagarem R$ 2 milhões por trabalho na pandemia

O TRT6 determinou que Sergio Hacker Corte Real, ex-prefeito de Tamandaré pelo PSB, e sua esposa, Sarí Mariana Costa Gaspar Corte Real, devem pagar uma indenização de R$ 2.010 milhões à família de Miguel, o menino que faleceu após cair do 9º andar do edifício de luxo onde residiam no Centro do Recife.

Além disso, Sarí enfrenta uma condenação de oito anos e seis meses de prisão, no contexto criminal, por abandono de incapaz que resultou em morte. É importante ressaltar que ela aguarda o desenrolar do processo em liberdade e recentemente foi aprovada em um curso de medicina.



Recomendamos