Polícia abre inquérito para investigar mensagem de mãe para Larissa Manoela sobre religião do namorado da atriz

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) iniciou uma investigação na tarde desta terça-feira (22) a respeito de uma denúncia de discriminação religiosa apresentada pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa do Rio. A denúncia envolve a pedagoga Silvana Taques Elias dos Santos, de 51 anos, mãe da atriz Larissa Manoela.

Alega-se que Silvana utilizou termos ofensivos relacionados à religião de matriz africana em uma mensagem enviada à filha através do WhatsApp, durante o Natal de 2022.



Recomendamos